quinta-feira, 4 de junho de 2009

Você não vale nada/mas eu gosto de você



Sabe este forró que esta tocando na novela das oito? "Hit na norminha" Em “Caminho das Índias”, o refrão é “você não vale nada/mas eu gosto de você” é tocado nas cenas em que Norminha ajeita suas curvas em vestidos decotados, dribla a vigilância do marido - o abobalhado guarda Abel (Anderson Muller) - e vai para a farra. Pois é. Acho uma música muito honesta e engraçada. Parece bobagem o que eu vou dizer agora, mas acho que esta musica serve como uma alegoria de Deus em relação a todos os seres humanos. Deus sabe o quanto a gente não vale nada. Sinceramente: Nós todos nós somos um lixo! Norminha perto de nós é fixinha. Somos mentirosos, arrogantes, orgulhosos, egoístas, maldosos, fofoqueiros, gananciosos, invejosos, mas mesmo assim Ele não só gosta da gente quanto nos ama! Amar vai bem além de gostar.


Somos uma peste, onde pisamos destruímos tudo, mas Deus não agüenta viver longe de nós! Jesus é o marido traído ou o noivo (teologicamente) Ele sabe das nossas safadezas que cometemos por aí, mas mesmo assim nós chama ao arrependimento e voltar ao primeiro amor por Ele.


Esta musica faz pensar mais em Deus que algumas “repetitancias” gospel

Não é a toa que Mark Carpenter escreveu este artigo.


Eu quero deixar de ser norminha. Acho que toda a humanidade clama por isso! Alguns até rejeitam esse convite, mas no fundo eu sei que todos gostariam de ser seres melhores. Afinal todo mundo que eu conheço só quer uma coisa de verdade - Ser amado.


Ouça ‘Você não vale nada’ e outras músicas de Dorgival Dantas no especial Globo Rádio

4 comentários:

  1. Cara...massa esse seu texto..
    No Direito existe uma linha de pensamento que se chama assim "Direito Achado na Rua" criada pelo Professor Roberto Lyra Filho, ele denfedia que o direito era achado literalmente na rua, em uma simples conversa de buteco ate nos mais complexos debates entre os juristas...
    Lendo o que voce escreveu Hilan, eu pensei justamente na ideia da "Teologia Achada na Rua",penso isso porque Deus me emprestou um "dom" chamado imaginação... imagina Deus catando, "vc nao vale nada mais eu gosto de voce", seria no minimo hilario, peço perdão aos que acham que o que eu acabei de falar seria uma heresia, mas se pararmos para pensar na "Teologia Achada na Rua" aprenderiamos muita coisa, um exemplo bem batido seria a chuva, ao olharmos para a chuva entenderiamos um pouco a natureza de Deus, a "a chuva refresca o "bom garoto" e os bad boys(perdão,acabei lembrando do filme que nada tem haver com o que eu to falando), dai poderiamos tirar uma simples conclusão: Deus ama todo mundo mesmo! ama tanto que derrama sua chuva para que todos se refresquem (é preciso dizer aqui, que mesmo Deus amando todos, ele faz distinção de bons e mals,mas pode deixar..na hora do "THE END" voces vão entender), preciso dizer aqui, que uns das palavras mais"teologicas" que eu ja ouvi, foi de um bêbado apelidado de "Oz", o cara simplesmente pregou sobre a criação e no final me "fique em paz, Deus te ama"...putzs, cara Deus é um tremendo "fanfarrão" no bom sentido, ele usa até bêbado! heheheh.... Bom acredito que a "Teologia Achada na Rua" seria um bom assunto a ser explorado, e prometo pensar mais nesse tema!

    Abraços a todos,

    Que Deus te abençoe Hilan.

    Grato,

    Asafe S Gonçalves

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito dessa sacada.
    Hj à noite eu tive uma visitação do E.S. e estava em total pecado. Eu passei a manhã me perguntando: "E.S. vc é muito sem noção e se humilha e se suja com tão pouca coisa...Como assim me visitar e eu estar sujo como um porco como hoje?"
    Quando cheguei em casa, li esse texto. Me senti muito confortável pelo amor a mim direcionado e conformado com o meu pequeno valor. Eu ganhei na loteria; Jesus pode ter comprado gato por lebre (pq eu nem sei se sou bom assim pra ele) ,mas como a graça é benção imerecida, eu tô nessa. Eu nunca mereceria.
    Novamente: boa sacada!
    Assinado:
    Departamento de Logística e Serviços Gerais - DLSG

    ResponderExcluir
  3. gostei =P
    maneiras criativas de falar do Evangelho

    ResponderExcluir