quinta-feira, 28 de maio de 2009

O dia que eu conheci a Baby do Brasil ou Bernadete Dinorah de Carvalho


















Quando eu conheci minha esposa no ano de 2004 tinha uma musica que não saia da nossa cabeça era “Acabou Chorare” dos novos baianos esta aqui ó:


Eu e Luíza ficávamos rindo muito porque é o tipo de musica nonsense que só os brasileiros sabem fazer.


Anos se passaram eu e minha mulher nos convertemos de vez ao evangelho e PUM, um belo dia a Baby que era dos novos baianos estava tocando na nossa antiga igreja.


Foi no ano de 2008 eu tive o prazer de conhecer a doida da popstora Baby do Brasil.

Pessoalmente ela é uma pessoa super simpática e maluca. Não é pose! Ela é assim o tempo todo mesmo, mas o que faz toda a diferença na Baby é a falta de religiosidade sisuda. Ela fala de Deus com respeito, mas como uma coisa que faz parte da vida dela assim como o trabalho, os filhos, amigos, andar na rua essas coisas normais, que também é espiritual, afinal TUDO É ESPIRITUAL, agente que gosta de separar as coisas em caixinhas.


Depois que ela tocou na igreja, eu e Luíza fomos para casa felizes de ter ouvido as musicas e o testemunho enormeeeee de como foi o processo de conversão dela.

Acordamos bem cedo e lembramos que ela iria tomar café da manhã no aeroporto de Brasília até o vôo dela sair, pegamos o carro e fomos correndo porque tinha uma pergunta que não saia da nossa cabeça “Que história era aquela de bu bu li li, no bu bu li lindo”

Chegamos e ficamos falando no café com a Baby, ela disse que iria organizar uma rave gigante com uns DJs numa fazenda e coisas assim. Yeshua rave. Tudo para Jesus! E fiz a pergunta: Baby eu e minha esposa gostávamos dos novos baianos e que tínhamos a curiosidade de saber o porque da música. Ela disse que era coisa do Moraes Moreira que quando nos anos 70, todos moravam juntos e faziam um café da manhã gigante e todos partilhavam o café no bule e tudo mais e eu achando que teria um super mistério na criação desta música. Ela dise: "Nossa que bom gosto! Tá vendo gente crente também tem bom gosto" :)

Um comentário:

  1. mto louca! totalmente!
    gosto disso!
    os crentes não religiosos ganham mais credibilidade qdo eram famosos. ou são atacados de vez pelos crentes fariseus, né?

    e depois eu fui me tocar que todo músico/compositor sempre ouviu e sempre vai ouvir a famosa frase: "no que vc estava pensando qdo compôs essa música?"

    mas eu não me seguro em não perguntar.
    e eles que se segurem pra responder :D

    ResponderExcluir