terça-feira, 14 de abril de 2009

Jesus na cadeira elétrica



Uma escultura que representa Jesus Cristo morto numa cadeira elétrica, exposta na catedral de Gap (sudeste da França), está provocando reações variadas.
Em mim a reação que veio foi uma pergunta "Se J.C vivesse nos dias de hoje com que métodos seria morto?" Sinceramente, eu não acho que Ele ficaria vivo por muitos dias. Afinal continuamos intolerantes e nocivos. E você o que acha?


3 comentários:

  1. Seria menos doloroso para Ele, mas certeza que seria menos representativa para a bíblia e para todos nós. Digo isso com uma visão pragmática. Não quer dizer que eu penso e acredito piamente nisso. Pensando mais ainda, Jesus existiu em uma época muito boa para atuar plenamente com sua sabedoria e compaixão, que eram raras para a época, quando não existiam leis bem definidas e nenhum tipo de direitos humanos. Bom...isso é o que a bíblia me dá a impressão.

    ResponderExcluir
  2. Esse tipo de questionamento dá assassinato, cara! Mas já que tá na roda, vale relembrar aquele camarada russo, literato universal: os que hoje dependem da imagem de jesus na crux, seriam os mesmos que o matariam de novo para manter a "ordem" que o Filho do Homem sempre combateu, segundo consta. Não é esse mesmo literato russo que disse, em carta, que "se me provarem que a verdade não está em Cristo, eu deixo a verdade e fico com Cristo"? Ah, minha memória falha e minha preguiça de dar um google.

    ResponderExcluir
  3. Faltou grafar que fiz o comentário com bom humor. Apenas esqueci de por o devido emoticon que, segundo também consta em pesquisas, ajuda a minimizar ruídos na comunicação internética, que lembra a comunicação no trânsito: não podemos visualizar diretamente quem nos fala. Ui! Portanto, ei-los: =) ;-) :D =] ^^' :-B :op

    P(apai).S(murf).: rsrsrs!

    ResponderExcluir